5 DICAS DE DESIGN DE INTERIORES PARA INICIANTES

Se você está reformando sua casa ou deseja se tornar um designer de interiores profissional, aqui estão algumas dicas e noções básicas de design de interiores para você começar.

De esquemas de cores a peças de decoração, o mundo do design de interiores pode começar a parecer opressor se você tentar mergulhar de uma vez. Felizmente, existem alguns princípios que  você pode conhecer para começar a entender melhor esse universo, e eles podem ajudar você que está auxiliando no design da casa de um cliente, ou você que deseja fazer uma reforma em sua própria casa.

O que é um designer de interiores?

É um profissional que se concentra na arquitetura e no planejamento de espaços, criando designs coesos e esteticamente agradáveis ​​para interiores de residências e empresas. Os designers de interiores profissionais requerem uma escolaridade específica e um treinamento formal.

Noções básicas de design de interiores: 3 princípios de design

Ao começar com seus projetos, existem alguns princípios básicos para se manter em mente:

Estilo

Selecionar um estilo de design no início ajudará a manter seu espaço coeso e bonito. Existem muitos estilos de decoração para escolher – como shabby chic, toscano, moderno de meados do século, industrial, escandinavo ou casa de fazenda – e muitos deles vêm com seus próprios elementos de design exclusivos, esquemas de cores ou paletas de cores, plantas baixas e até estilos de arte de parede. Familiarize-se com vários estilos diferentes, incluindo quais tendências de design são populares no momento, é importante para ter uma ideia de quais estilos e ideias de decoração você gosta.

Ponto focal

Cada cômodo deve ter um ponto focal: uma peça interessante ou bonita – como uma obra de arte, ou um sofá bonito – que chame a atenção do espectador. Tome cuidado para não exagerar aqui: se você tiver muitos pontos focais em uma sala de estar, ela começará a parecer opressora e desfocada.

Equilíbrio

Para alcançar o equilíbrio em todos os cômodos, você precisará distribuir o peso visual de seus móveis e acessórios. Considere a escala (itens grandes e pequenos), a textura (itens duros e macios) e a posição (posição alta, no nível dos olhos; posição baixa; posição esquerda e direita). Se você prestar atenção aos contrastes sutis em um único espaço, poderá criar ambientes completos e equilibrados.

5 dicas de design de interiores

Está se sentindo pronto para mergulhar no mundo das salas de estar e das mesas de centro? Aqui está um guia rápido para iniciantes começarem seu próximo projeto de design de interiores:

Gaste com cuidado

Quando você está apenas começando, é melhor ir devagar e decidir quais itens serão seus mais caros. Uma boa regra prática é que as melhores peças de mobília para começar são sofás e camas – são itens visualmente pesados ​​que vão chamar a atenção, então você quer que eles tenham uma boa aparência. Depois de encontrá-los, você pode preencher as lacunas com seus itens de destaque e decoração.

Lembre-se de pensar sobre a iluminação

Uma sala bem projetada pode ser estragada por iluminação inadequada, portanto, certifique-se de considerar a iluminação em seu orçamento. Janelas (para luz natural), luminárias de chão, luzes de teto, iluminação de realce e paredes e móveis brancos ou claros são ótimas maneiras de abrir um espaço pequeno ou escuro.

Faça bom uso de peças de destaque

Um erro comum é se concentrar nas peças “grandes” de uma sala – coisas como sofás, tapetes, cômodas e mesas – e esquecer as pequenas coisas. Peças de destaque são uma ótima maneira de tornar um ambiente mais personalizado e visualmente interessante, então fique de olho em coisas como tigelas, livros e outras decorações que você pode usar para aprimorar prateleiras e mesas de centro.

Dê espaço à sua mobília para respirar

Quando você compra um novo móvel, é uma tendência natural empurrá-lo contra a parede, mas isso pode fazer com que o ambiente pareça rígido e plano. Em vez disso, mantenha seus móveis a pelo menos alguns centímetros de distância das paredes para dar uma sensação mais arejada.

Sua casa não é um showroom

Se você está atualmente trabalhando na decoração e no interior da sua própria casa, não tente fazer com que pareça com as fotos profissionais que você vê online ou em aulas de design de interiores – essas são destinadas a mostrar princípios de design e móveis, em vez de serem vividas. Em vez disso, acrescente peças mais confortáveis ou sentimentais para que sua casa tenha o equilíbrio perfeito entre um design deslumbrante e conforto.

Vamos começar o seu projeto? Siga nossa página e redes sociais e fique por dentro do que há de melhor no mundo do design.

Faça qualquer espaço parecer maior, cultive seu próprio estilo distinto e crie espaços que contam uma história com a Nobel Interiores. E lembre-se, para projetos mais audaciosos como um local de trabalho, por exemplo, vale a pena investir um pouco mais e contratar um profissional capacitado. É importante ressaltar que essas dicas podem te nortear, mas jamais irão substituir o trabalho de alguém que se dedicou e estudou para se tornar um profissional da área.  

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Comente e compartilhe!

11 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.